Início » Dicas de Saúde » Os 15 remédios caseiros para tratar corrimento vaginal!

Os 15 remédios caseiros para tratar corrimento vaginal!

Remédios Caseiros Para Tratar Corrimento Vaginal

Os remédios caseiros para tratar corrimento vaginal de forma simples e natural. Além disso, o corrimento vaginal é um problema muito comum entre as mulheres.

Refere-se a um corrimento fino ou espesso, esbranquiçado ou amarelado que pode ocorrer entre os ciclos de menstruação ou durante a gravidez e geralmente dura de alguns dias a semanas.

Remédios Caseiros Para Tratar Corrimento Vaginal
remédios caseiros para tratar corrimento vaginal

Na maioria dos casos, não é nada para se preocupar e é considerado normal, desde que não cause irritação, desconforto, odor e coceira.

O corrimento vaginal, no entanto, também pode ser causado por alterações hormonais, particularmente devido a um aumento de estrogênio.

Uma infecção vaginal ou DST também pode causar corrimento vaginal, especialmente se a descarga for amarela ou verde e acompanhada de mau cheiro.

Outros fatores que contribuem para a descarga anormal são condições anti-higiênicas, como um tampão deixado por muito tempo na vagina e condições como anemia e diabetes.

Às vezes, lesões ou traumas na vagina também podem desencadear corrimento vaginal.

Como já mencionado, o corrimento vaginal na maioria dos casos não é motivo de preocupação.

No entanto, se você tiver muito desconforto, consulte um médico.

Existem muitos remédios vendidos sem prescrição, além de medicamentos prescritos para o tratamento do corrimento vaginal.

Você também pode lidar com esse problema com a ajuda de alguns remédios caseiros simples.

Remédios caseiros para tratar corrimento vaginal:

1. Chá de goiabeira:

Ingredientes:

  • 30 g de folhas de goiabeira.
  • 1 litro de água.

Modo de Preparo:

  • Ferva a água e desligue o fogo.
  • Acrescente, então, a erva e abafe durante 3 a 5 minutos.
  • Depois, coe e faça um banho de assento com esse chá, lavando cuidadosamente toda a região genital.
  • Repita o procedimento de 2 a 3 vezes ao dia.

2. Chá de goiabeira e vassourinha-doce:

Ingredientes:

  • 1 punhado de folhas de goiabeira.
  • 1 punhado de folhas de vassourinha-doce.
  • 2 copos de água.

Modo de Preparo:

  • Colocar as folhas de goiabeira e de vassourinha-doce em um recipiente e adicionar água fervida.
  • Tampar, deixar esfriar e coar.
  • Fazer a higiene íntima normalmente e, quando acabar, lavar o local com a infusão durante alguns minutos.
  • Secar com um pano limpo e macio.
  • Deve-se repetir a lavagem todos os dias antes de ir deitar durante 1 semana.

3. Infusão de feno grego:

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de sementes de feno grego.
  • 1 xícara de água.

Modo de Preparo:

  • Esmague bem uma colher de sopa de sementes de feno grego, tanto quanto possível com a ajuda de um almofariz.
  • Coloque para ferver uma xícara de água e em seguida, despeje-a sobre as sementes.
  • Cubra com uma tampa e deixe descansar por 15 minutos.
  • Consuma duas vezes por dia, por 10 dias.
  • Também pode ser usada para a lavagem vaginal.

4. Remédio caseiro com iogurte natural:

Ingredientes:

  • ½ xícara de Iogurte natural

Modo de Preparo:

  • Para manter as infecções e os fungos longe a melhor maneira de tirar proveito destes benefícios é tomar pelo menos meio copo de iogurte todos os dias.
  • No entanto, se já for tarde demais para preveni-lo, mergulhe um pedaço de algodão no produto e em seguida, aplique diretamente nas partes externas da vagina.
  • Deixe agir por 10 minutos, enxágue e aplique até três vezes por dia, durante o tempo que precisar para se livrar da infecção.

5. Remédio com alho:

Ingredientes:

  • 1 dente de Alho.
  • 1 xícara de água (200 ml).

Modo de Preparo:

  • Esmague bem o dente de Alho cru e adicione a xícara de água quente.
  • Deixe descansar por 10 minutos e consuma a infusão.
  • Se possível, faça o tratamento de estômago vazio, por pelo menos durante duas semanas.

6. Leite com açafrão:

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de açafrão em pó (5 g)
  • 1 xícara de leite

Modo de Preparo:

  • Ponha para aquecer o copo de leite e, em seguida, adicione a colher de chá de açafrão em pó.
  • Sirva quente e repita o seu consumo todos os dias para aliviar o fluxo.

7. Chá de quebra pedra:

Ingredientes:

  • Duas colheres de sopa de quebra pedra, incluindo raízes talos e folhas;
  • Um litro de água.

Modo de Preparo:

  • Coloque a água em uma panela e acrescente o quebra pedra.
  • Leve ao fogo e deixe ferver por bastante tempo (cerca de trinta minutos), o quebra pedras na água.
  • Em seguida, coe o chá.
  • Tome uma xícara do chá pela manhã, outra na parte da tarde e a última xícara à noite, antes de dormir.
  • O ideal é não adoçar o chá, mas se não conseguir tomar sem adoçar, use mel.
  • O chá pode ser tomado morno ou frio.

8. Bicarbonato de sódio:

Remédios Caseiros Para Tratar Corrimento Vaginal
remédios caseiros para tratar corrimento vaginal

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de bicarbonato (5 g).
  • 1 taça de água (200 ml).

Modo de Preparo:

  • Adicione uma colher de chá de bicarbonato de sódio em um taça de água e consuma-o uma vez por dia.
  • Para melhores resultados, adicione meia xícara do produto em água morna e faça banhos de assento ao longo de 5 ou 10 minutos.
  • Repita o tratamento ao longo uma semana ou até adequar os fluidos.

9. Chá de barbatimão:

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de casca de barbatimão.
  • 1 litro de água.

Modo de Preparo:

  • Leve ao fogo a água junto com a casca da aroeira e deixe ferver por 5 minutos.
  • Espere esfriar e faça banho de acento com o chá.
  • Caso queira um resultado melhor, basta mergulhar um absorvente interno num no chá de barbatimão e introduzi-lo na vagina, deixando-o atuar por pelo menos meia horas.

10. Chá da casca do cajueiro:

Modo de Preparo:

  • Trinta gramas de cascas de cajueiro
  • Um litro de água

Modo de Preparo:

  • Ferva a água e desligue o fogo.
  • Acrescente, então, as cascas do cajueiro e abafe durante três a cinco minutos.
  • Depois, coe e faça um banho de assento com esse chá, lavando cuidadosamente toda a região genital.
  • Repita o procedimento de duas a três vezes ao dia.

11. Banho de assento com vinagre:

O banho de assento com vinagre combate sintomas como coceira e irritação provocados por corrimentos de qualquer tipo – branco, amarelado, acinzentado ou esverdeado.

Você deve fazer um banho de assento com vinagre da seguinte forma:

  • Em uma bacia coloque 3 litros de água e misture com 2 colheres de vinagre de maçã;
  • Ao se sentar suas partes íntimas devem ficar totalmente cobertas pela água;
  • Fique sentada por volta de 20 minutos.
  • O banho de assento com vinagre também ajuda a eliminar e/ou controlar mais rapidamente os micro-organismos causadores da infecção.

12. Ducha vaginal com vinagre de maçã:

Você também pode fazer uma ducha vaginal utilizando o vinagre de maçã.

A lavagem vaginal deve ser feita 2 vezes ao dia com uma mistura em partes iguais de água destilada, filtrada ou natural e vinagre de maçã.

Para obter efeitos rápidos, tome também 1 copo de água com 2 colheres de sopa de vinagre de maçã diluído diariamente.

13. Banho de assento com chá de aroeira:

Remédios Caseiros Para Tratar Corrimento Vaginal
remédios caseiros para tratar corrimento vaginal

Leve ao fogo 100 gramas de casca da aroeira em 1 litro água e deixe ferver por 10 minutos.

Espere esfriar e faça um banho de assento durante 15 minutos, 3 vezes ao dia.

Você também pode ingerir o chá 3 vezes ao dia. Coe e adoce à vontade.

14. Vinagre branco:

Coloque 1 xícara (café) de vinagre branco em uma bacia com água morna e lave a região da vagina durante 10 minutos.

Repita a lavagem durante alguns dias ou até o corrimento desaparecer.

Repita o tratamento novamente dentro de 1 mês.

15. Chá de Ipê Roxo:

Faça o chá utilizando 2 colheres de sopa das cascas da árvore do ipê roxo para um litro de água.

Coloque tudo para ferver e quando levantar fervura espere mais 10 minutos antes de desligar o fogo.

Depois tampe o recipiente e deixe o chá descansando por mais 10 minutos.

O próximo passo é coar e beber: são recomendadas 3 xícaras ao dia.

Gestantes e mulheres amamentando não devem ingerir o chá.

O chá de ipê roxo é antimicrobiano e atua no combate às infecções fúngicas, bacterianas e até à sífilis.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.