Início » Meu relacionamento está péssimo: Como saber se a culpa é minha?

Meu relacionamento está péssimo: Como saber se a culpa é minha?

Meu Relacionamento Está Péssimo

Meu relacionamento está péssimo, como saber se a culpa é minha? é uma pergunta bastante comum.

Além disso, brigas constantes, ciúmes, tratamento de gelo e desentendimentos são os sinais óbvios de que algo não vai bem no namoro ou no casamento.

Mas, afinal, de quem é a culpa pelo desgaste? A tendência é sempre culpar o outro, mas avaliar o próprio comportamento ajuda a descobrir sua parcela de responsabilidade em uma relação estremecida.

Meu Relacionamento Está Péssimo
meu relacionamento está péssimo

A relação vai mal por minha culpa?

Antes de apontar o dedo e esbravejar, tenha em mente que raramente um dos parceiros está 100% errado ou pode ser totalmente culpado pelo desgaste de um relacionamento.

Refletir sozinho e abrir o diálogo com a pessoa amada ajuda a descobrir os pontos que precisam ser mudados e os defeitos de cada um.

Sempre que possível, coloque-se no lugar do outro em um momento de briga.

Pense sobre como suas atitudes podem estar contribuindo para a crise na relação e tente avaliar se não está exagerando em críticas ou investindo em tratamentos que não gostaria de receber.

Se os ciúmes e as suspeitas de traição são os maiores motivos pela infelicidade, pense objetivamente se a pessoa realmente está dando margens para desconfianças ou se você não está apenas passando por uma fase de insegurança que gera o sentimento ruim e o desconforto na vida a dois.

Reflita sobre o momento de infelicidade e tente descobrir se ele é causado realmente pela relação amorosa.

Ou se outros aspectos da sua própria vida ou insatisfações íntimas e pessoais não são as verdadeiras responsáveis pelo sentimento ruim.

Assim, não deposita no outro uma suposta culpa injustamente.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.

Deixe um comentário