LIÇÃO DE VIDA

Filho de 13 anos falou que não precisava da mão para viver, ela publicou isso no Facebook e chorou à todos!

Filho de 13 Anos Falou que não Precisava da MÃE para VIVER

Filho de 13 anos falou que não precisava da mão para viver, ela publicou isso no Facebook e chorou à todos. Além disso, Estella, a mãe de um adolescente de 13 anos chamado Aaron publicou uma forte carta no Facebook quando o filho ficou incontrolável.

O seu filho é um YouTubeur e faz dinheiro com o YouTube, e recentemente disse que não precisava dela para viver, porque agora consegue ganhar dinheiro.

Então, A mãe decidiu escrever-lhe uma carta e publicá-la no Facebook, porque é lá que ele compartilha os vídeos. Então, a carta de Estella é absolutamente perfeita!

Filho de 13 Anos Falou que não Precisava da MÃE para VIVER

Aaron parece ter esquecido alguns pequenos detalhes da vida, Aqui está a carta em inglês, abaixo a tradução:

“Caro Aaron,

Uma vez que parece ter esquecido que tens apenas 13 anos, e que eu sou a tua mãe, é não quer ser controlado, eu acho que você precisa de uma lição sobre independência.

Além disso, como você me disse na cara, que agora consegues ter o teu dinheiro, e que será mais fácil para ti comprar todos as coisas que eu comprava no passado.

Se quiseres recuperar o teu quarto, o teu acesso à Internet, deves pagar a tua parte desses custos:

  • Aluguel da casa – 430 dólares,
  • Eletricidade – 116 dólares,
  • Internet – 21 dólares,
  • Comida- 150 dólares,

Além disso, terás que pôr o lixo para fora às segundas, quartas e sexta-feiras.

Além disso, também deves varrer e aspirar a casa nesses dias.

Vais precisar limpar a casa uma vez por semana, preparar as tuas próprias refeições e limpar tudo depois de comer.

Se não conseguires fazer isto, eu vou cobrar-te 30$ extra da empregada de limpeza por cada dia que eu tenha que fazê-lo.

Se decidires que preferes ser o meu filho de novo, em vez de ser o meu companheiro de aluguel, poderemos renegociar os termos.

Te Amo para Sempre, mãe.”

Sair da versão mobile