Início » Dicas de Saúde » Dormir durante o fim de semana reduz o risco de doenças

Dormir durante o fim de semana reduz o risco de doenças

Dormir Durante o Fim de Semana Reduz o Risco de Doenças

Dormir durante o fim de semana reduz o risco de doenças, isso é o que diz varias pesquisas e muitos estudos em todo o mundo, logo porque todos nos sabemos que para se ter uma boa saúde é super importante ter um sono adequado.

Além disso, um sono perfeito é tão importante para a sua saúde quanto uma boa alimentação, pois é através de uma boa noite de sono que nosso corpo se recupera das aflições sofridas no dia-a-dia.

Então caso você queira ter uma saúde de “ferro” basta Dormir bem e seguir nossas dicas a seguir:

Dormir reduz o risco de doenças
Dormir reduz o risco de doenças

Quem nunca perdeu o sono durante a semana e acabou compensando no final de semana?

O hábito, cada vez mais comum, pode ser chamado de jet lag social por alguns especialistas e no geral é visto com maus olhos.

No entanto, quando falamos em diabetes tipo 2, utilizar essa estratégia de “banco de sono” pode ser uma ótima pedida!

E isso foi comprovado cientificamente em um estudo feito pelo laboratório do sono da Universidade de Chicago (Estados Unidos).

Para chegar a esta conclusão, os estudiosos recrutaram 19 voluntários.

Primeiro, eles ficaram no laboratório dormindo em torno de oito horas e meia por noite, durante quatro dias.

Depois de um tempo, eles voltaram ao laboratório e dormiram apenas quatro horas e meia por noite por mais quatro dias.

No entanto, após essa segunda sessão, eles foram autorizados a Dormir 9,7 horas por mais dois dias.

Durante esse experimento, os níveis de sensibilidade à insulina (hormônio que ajuda a glicose a entrar nas células) e dos índices de disposição, um fator usado pelos médicos para prever o diabetes.

Nas noites em que houve privação de sono, os especialistas perceberam que enquanto a sensibilidade à insulina caiu 23%.

O risco de diabetes subiu para 16% nesses homens. No entanto, quanto eles puderam compensar isso nos dois dias seguintes, os parâmetros voltaram ao normal.

Claro que esse estudo é muito inicial e foi feito em curto prazo. Ainda é preciso mais pesquisas para entender se esse jet lag social pode ser maléfico se feito por muito tempo.

Mesmo assim, os estudiosos consideraram os resultados animadores.

É importante não esquecer que já foi comprovado em outros estudos que pessoas em privação de sono podem fazer escolhas alimentares piores, o que por si só já aumenta o risco de desenvolver diabetes.

Além disso, a privação de sono está ligada ao aparecimento de outras doenças, como AVC.

Lembramos que o comparativo da pesquisa não exprime algum tipo de ideologia ou apologia a tal tema de responsabilidade do site, estamos apenas reproduzindo um conhecimento científico.

Formado em Comunicação Social, especialista em jornalismo digital e SEO, responsável por criar diversos projetos na internet, afim de levar conhecimento à todos sobre saúde, beleza, bem estar, natureza e entretenimento.