Vídeo Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Dicas de Saúde

As 5 Alarmantes de que Você Precisa ir ao Dentista o Quanto Antes

Antes de ler o Artigo, Curta-nos Abaixo!

As 5 Alarmantes de que Você Precisa ir ao Dentista o Quanto Antes
Gostou do post? Avalie!

As Alarmantes de que Você Precisa ir ao Dentista o Quanto Antes.  Além disso, ir ao dentista, normalmente, não é considerado um dos programas mais animadores para a maioria das pessoas, seja por preguiça ou até por medo. Porém, adiar as visitas ao profissional, no futuro, pode acarretar em graves consequências para a saúde da sua boca, como cáries, problemas nas gengivas, dentes moles e mau hálito, entre outros problemas que, quando não tratados, podem até levar a perda dos dentes. Confira cinco sinais que indicam que você precisa visitar um dentista com urgência:Incômodo ao Mastigar: Se as dores ocorrem durante a mastigação, procure um dentista para uma avaliação, pois você pode estar sofrendo com uma simples restauração que ficou “alta” demais ou com problemas bucais importantes, como cáries, doenças periodontais ou até mesmo fraturas e traumatismos nos dentes.

Sensibilidade: Se ao beber algo gelado ou quente você percebe certa sensibilidade nos dentes, saiba que a rápida aflição é bastante comum e natural, mas não pode ser ignorada e deve ser avaliada por um profissional. O incômodo pode indicar varias situações, desde uma pequena exposição da raiz do dente por uma retração gengival, durante um processo de clareamento dental, cáries ou até a necessidade de um tratamento de canal. Adiar uma consulta com o dentista por muito tempo pode fazer com que os problemas se agravem a ponto de atrapalhar sua rotina do dia a dia e até mesmo o sono.

Inflamação ou Sangramento na Gengiva: Outra boa razão para buscar ajuda profissional é quando você nota inflamação, escurecimento, inchaço ou sangramento na gengiva, podendo variar entre leve ou grave. Esses sinais podem indicar o início de uma doença da gengiva ou até mesmo uma escovação deficiente, já que o uso frequente e correto da escova, fio dental e enxaguatório bucal previnem o acúmulo excessivo da placa bacteriana e auxiliam na manutenção de uma boca limpa de verdade.

Dor de Dente: Evite mascarar e driblar dores de dentes repentinas apenas com automedicação. Os remédios podem afastar o incômodo momentaneamente, mas não tratam, de fato, o problema. O mais comum é que a dor de dente esteja relacionada a um quadro de cárie que, se não for tratado, pode evoluir para maiores complicações de saúde e, consequentemente, dores ainda mais intensas ou até a perda dos dentes lesionados. Nesses casos, não deixe de procurar um dentista com urgência.

Feridas: Procure ainda um dentista, caso observe feridas na boca que não cicatrizem. Aftas ou pequenos machucados costumam ser comuns, porém, se o local afetado demorar mais de uma semana para cicatrizar, um profissional da saúde deve ser consultado, mesmo que não apresente dores ou sangramentos aparentes.

Gostou do Artigo? Então, Curta-nos Abaixo!

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.