Scroll Top

Vídeo Revela: Como Conquistar o Homem dos seus Sonhos e se Tornar uma Mulher IRRESISTÍVEL.

Coloque o seu e-mail:

Relacionamento

As 10 Principais Causas dos Ciúmes

As 10 Principais Causas dos Ciúmes 5.00/5 (100.00%) 1 vote

Se o ciúme pode ser sinônimo de alguém que gosta muito de si, por outro lado se for em excesso pode provocar mazelas e até ser destrutivo numa relação. Ninguém está imune de sentir ciúmes do outro. Pode ser algo positivo se se falar do cuidado e zelo que se tem pelo outro ou negativo quando é algo egoísta acabando por se tornar num controle excessivo e sentimento de posse. Fique a conhecer aquelas que são as principais causas de alguém sentir ciúme pelo parceiro.

Trauma de infância: A probabilidade de alguém ter crescido onde um dos progenitores tinha a postura de conquistador não ajuda na formação da criança no sentido em que, aquando a adolescência e idade adulta, irá achar que os outros se regem da mesma forma logo, a probabilidade de sentirem ciúme com quem se relacionam é grande.

Insegurança: Por norma, se uma das partes tem uma auto estima baixa, o simples facto do parceiro estar a falar com alguém do sexo oposto pode motivar ciúmes. São pessoas que não são seguras de si mesmas e por isso mesmo vêm um risco em quase tudo.

Desconfiança: Um pouco semelhante ao trauma de infância, sendo que neste caso uma das pessoas teve o papel principal, ou seja, pode ser alguém que foi traída ou esteve num relacionamento repleto de mentiras. Ora, isto irá fazer com que pense constantemente se tal não irá acontecer de novo e toda esta desconfiança inevitavelmente irá recair em momentos de ciúmes.

Passado revelado: O melhor será não revelar todas as suas experiências. Não tem a ver com mentir, mas provavelmente contar os pormenores é capaz de não ser uma boa opção. Aliado ao ciúme que possa surgir, a raiva também pode ser uma condicionante, uma vez que o parceiro pode começar a imaginar que pode vir a acontecer o mesmo.

Mentira: De certeza que já ouviu dizer que ‘a mentira tem perna curta’, por isso abstenha-se de contar alguma. Muitas das vezes são mentiras insignificantes, mas a questão é inevitável “Se mente por uma coisa dessas, não o fará por outra coisa pior?”. Para além do ciúme que provavelmente se irá instaurar, a desconfiança em quase tudo virá a seguir.

Simpatia com o sexo oposto: Determinados gestos podem ser alvo de um ataque de ciúmes, ainda para mais se são só feitos ‘fora de casa’, ou seja, abrir uma porta, servir o amigo num almoço, etc… quando não o faz ao parceiro.

Sentimento de posse: Mesmo que não existam motivos para tal há pessoas que, por serem possessivas, tendem a aprisionar e sufocar o parceiro e tudo o que este contraponha é sinônimo para um ataque de ciúmes.

Projeção: Algumas das pessoas ciumentas só o são porque projetam nos outros aquilo que fizeram, fazem ou pensam. Por exemplo, alguém que por norma anda mais no flirt tende a achar que o parceiro se rege de igual forma.

Fase da relação: A tendência é que hajam mais ciúmes no início de uma relação, até porque as pessoas não se conhecem bem e não sabem com o que podem contar.

Medo: Aqui a questão é o constante receio e medo de perder o outro ou ser trocado e a relação terminar. A situação ainda se acentua mais se o parceiro for socialmente ativo, dando azo a uma maior desconfiança e, por conseguinte, mais ciúmes.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados para você:


Relfake

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.